EUA

Biden mais perto de garantir a candidatura democrata à Casa Branca

Biden mais perto de garantir a candidatura democrata à Casa Branca

Joe Biden está à beira de garantir formalmente a nomeação democrata como candidato à Presidência dos Estados Unidos, depois de ganhar, na terça-feira, mais algumas centenas de delegados nas primárias em oito estados norte-americanos.

As primárias de terça-feira acabaram também por testar a capacidade de o país organizar eleições no meio da agitação social motivada pelos protestos que se seguiram à morte do afro-americano George Floyd e da crise pandémica causada pelo novo coronavírus.

O candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, venceu sem surpresas as primárias que tiveram lugar em oito estados norte-americanos (Pensilvânia, Maryland, Indiana, Rhode Island, Novo México, Montana, Dakota do Sul e Distrito de Columbia), sem qualquer oposição.

Contudo, os resultados são importantes para o objetivo do ex-vice-presidente dos Estados Unidos, que pretende obter delegados suficientes para reivindicar a indicação democrata antes da convenção de verão do partido.

Os resultados de terça-feira ainda deixam Biden aquém dos 1991 delegados de que precisa, mas as primárias na próxima semana na Geórgia e na Virgínia Ocidental podem sentenciar o que parece inevitável: a nomeação, que lhe permitirá disputar em novembro a Casa Branca com o atual presidente, Donald Trump, já apontado como candidato pelos republicanos desde março.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG