Exclusivo

Bolsonaro ataca a justiça eleitoral após reunião com ministros e militares

Bolsonaro ataca a justiça eleitoral após reunião com ministros e militares

Jair Bolsonaro fez acusações ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) após este negar investigação a rádios nordestinas.

O presidente brasileiro afirmou na noite de quarta-feira que irá até "às últimas consequências, dentro das quatro linhas [da Constituição]" para comprovar a denúncia em que acusa rádios da região do Nordeste de não transmitirem as propagandas obrigatórias do candidato.

Em discurso no Palácio da Alvorada, o chefe de Estado acusou o TSE de parcialidade a favor de Lula da Silva. As declarações do presidente aconteceram depois de uma reunião com ministros e comandantes militares. "O terceiro turno começou e o segundo nem terminou. É guerra". Foi como um membro da campanha de Bolsonaro, citado pela revista VEJA, definiu o encontro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG