Polícia Federal

Brasil apreende mais de 45 quilos de cocaína com destino a África e Europa

Brasil apreende mais de 45 quilos de cocaína com destino a África e Europa

Autoridades brasileiras apreenderam no Aeroporto Internacional de São Paulo mais de 45 quilogramas de cocaína transportados por sete passageiros, com destino a países africanos e europeus, informou esta quarta-feira a Polícia Federal.

Na primeira ação, na sexta-feira, funcionários da Receita Federal abordaram um cidadão brasileiro junto aos balcões de 'check-in', tendo sido posteriormente encontrados três quilogramas de cocaína dentro de um instrumento de cordas que o homem tencionava transportar para Adis Abeba, na Etiópia.

Já no domingo foram detidas quatro pessoas: dois nigerianos, sendo que um era detentor de autorização de residência no Brasil e o outro havia entrado no país sul-americano com pedido de refúgio, e duas mulheres, uma alemã e outra nacional da Serra Leoa, que também havia pedido refúgio em território brasileiro.

"Com um dos nigerianos foram apreendidos 15 quilos de cocaína distribuídos em 139 volumes dentro de uma mochila. Com o outro, quase oito quilos da mesma droga estavam ocultos em embalagens de café em pó. Ambos pretendiam embarcar para a Etiópia", explicou a Polícia Federal em comunicado.

Já a "serra-leonesa ocultou quatro quilos de cocaína em pacotes de lençóis", explicou a polícia.

"Ela pretendia embarcar também para a Etiópia. A alemã, que embarcaria para a França, foi detida ao tentar passar pelos pórticos de imigração com quase três quilogramas da mesma droga fixados ao abdómen", detalhou o documento.

Na noite da terça-feira, mais dois nigerianos, ambos solicitantes de refúgio, que viajavam separadamente, foram detidos com quase 14 quilogramas da mesma substância.

PUB

Um dos homens tinha a droga distribuída em 60 volumes dentro da sua mala, e o outro cidadão no forro de um cobertor infantil. O destino final da droga era a República do Benim.

Os detidos serão apresentados à Justiça Federal, onde responderão por tráfico internacional de drogas, segundo informou a Polícia brasileira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG