Covid-19

Brasil chega às 70 mil mortes e ultrapassa 1,8 milhões de infetados

Brasil chega às 70 mil mortes e ultrapassa 1,8 milhões de infetados

O Brasil totaliza 1.800.827 milhões de infetados e 70.398 óbitos devido à ​​​​​​​covid-19, com a taxa de letalidade da doença no país a situar-se em 3,9%, informou na sexta-feira o executivo brasileiro.

Nas últimas 24 horas, o Brasil registou 1214 vítimas mortais e 45.048 pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus.

As autoridades investigam ainda uma eventual relação de 4000 óbitos com a covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Segundo o executivo, 369 das 1.214 mortes ocorreram nos últimos três dias, mas foram incluídas nos dados de hoje.

Em relação aos recuperados, o Brasil regista 1.078.763 casos de pacientes que conseguiram superar a doença, sendo que 651.666 infetados continuam sob acompanhamento.

São Paulo, o estado mais rico e populoso do Brasil, com cerca de 45 milhões de pessoas, mas também o mais afetado pela atual pandemia, tem hoje 359.110 casos de infeção e 17.442 óbitos.

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou hoje a renovação da quarentena no estado até 30 de julho e uma flexibilização nas restrições das regiões do litoral e interior. Agora, apenas 17% da população do estado está em áreas com restrição severa, que permite apenas serviços fundamentais.

Na lista dos estados mais afetados segue-se o Ceará, que concentra oficialmente 133.546 pessoas diagnosticadas e 6.777 mortos, e o Rio de Janeiro, com 129.443 infetados e 11.280 vítimas mortais devido ao novo coronavírus.

O Brasil, com uma população estimada de 210 milhões de pessoas, tem agora uma incidência de 33,5 óbitos e 856,9 casos da doença por cada 100 mil habitantes.

Já um consórcio formado pela imprensa brasileira, que decidiu colaborar na recolha de informações junto das secretarias de Saúde estaduais, anunciou, por sua vez, que o país registou 1.270 mortes e 45.235 novos infetados nas últimas 24 horas.

No total, o consórcio formado pelos principais media do Brasil indicou que o país totaliza agora 1.804.338 casos e 70.524 vítimas mortais desde o início da pandemia.

A Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) do Conselho Nacional de Saúde do Brasil aprovou a terceira fase dos testes da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela empresa farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Com o aval da Conep, está concluída a última etapa necessária para o início dos testes, que têm uma duração prevista de 12 meses.

Nove mil pessoas participarão nos testes, em cinco unidades federativas brasileiras: São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná e Distrito Federal.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 556 mil mortos e infetou mais de 12,36 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Outras Notícias