Metro

Buraco em cidade chinesa faz desabar edifícios

Buraco em cidade chinesa faz desabar edifícios

Um complexo de edifícios desabou num buraco em Guangzhou, China, perto de uma zona de construção de um novo túnel para o metro.

Um edifício desabou primeiro, seguindo-se o resto apenas algumas horas depois, quando o chão voltou a ceder. O buraco que se formou tinha cerca de dez metros de profundidade.

Graças às reações dos construtores, que repararam que o chão estava a começar a ceder e rapidamente evacuaram a área, ninguém ficou ferido devido ao sucedido.

Apesar de não haver baixas, as autoridades vão investigar as causas do acidente.

Os trabalhadores passaram a noite de segunda-feira a tentar reparar os danos, enchendo o buraco com cimento. Segundo a agência "Xinhua News", a área da cedência, com dez metros de profundidade, aumentou para cerca de dez metros quadrados.

A área cedeu primeiro na segunda-feira e resultou no desabamento dos edifícios. Foi preenchida com cimento até ao nível do chão mas voltou a afundar na manhã de terça-feira.