Escócia

Cadela fica cega devido ao stress provocado por fogo de artifício

Cadela fica cega devido ao stress provocado por fogo de artifício

O caso aconteceu há quatro anos, mas só agora Margaret Adams decidiu dar a conhecer nas redes sociais o que aconteceu à sua cadela. Suzy ficou cega após um espetáculo de fogo-de-artifício. A cegueira poderá ter sido causada pelo stress do barulho dos foguetes.

Os festejos com pirotecnia à mistura nunca foram muito fáceis na casa de Margaret Adams, de 85 anos. A cadela Suzy cada vez que ouvia o barulho de fogo-de-artifício escondia-se num recanto da habitação e ficava muito nervosa. Há quatro anos, a situação não se ficou pelo mero nervosismo.

Suzy começou a "trepar as paredes" e escondeu-se nos sítios mais escuros da casa, conta a dona ao jornal britânico "Metro". No dia seguinte, Margaret percebeu que algo não estava bem com os olhos da cadela: estavam muito dilatados e mais claros.

Na clínica veterinária disseram-lhe que Suzy tinha um glaucoma em ambos os olhos. A doença é uma das principais causas de cegueira nas pessoas adultas e embora se desconheça a causa, o glaucoma pode ser causado por níveis altos de pressão intraocular. O dano no nervo ótico poderá ter sido uma reação da cadela ao stress que sentiu quando ouviu o espetáculo de pirotecnia.

A cadela está totalmente cega. "Ela vai contra tudo e tenho de ter muito cuidado", explica a escocesa de 85 anos. Suzy foi-lhe oferecida pela filha após a morte do marido para lhe fazer companhia. "A Suzy continua a ser ela, mas de uma maneira diferente. Agora eu cuido mais dela do que ela cuida de mim", acrescenta.

A escocesa apoia atualmente a campanha que quer rever a regulação do fogo-de-artifício no Reino Unido, cujo objetivo é erradicar os danos físicos e psicológicos causados aos animais. Existe uma petição no site change.org para que as regras da pirotecnia sejam mais apertadas para cidadãos e grandes organizações. O documento já conta com 569222 assinaturas e o Parlamento britânico deverá discuti-lo, uma vez que reúne mais de 100 mil assinaturas.

Ainda este mês, foi revelado um caso de um cachorro, de 18 semanas, que morreu de ataque cardíaco devido ao stress causado pelo barulho dos foguetes. O caso ganhou tanta visibilidade nas redes sociais que a cadeia de hipermercados Sainsbury's já deixou de vender material pirotécnico.

O barulho dos foguetes de um espetáculo de pirotecnia é geralmente bastante assustador para os animais, especialmente os cães. Alguns escondem-se dentro de casa, outros fogem da habitação dos donos e há ainda aqueles que se manifestam com tremores ou ladram incessantemente.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG