Mundo

Califórnia declara estado de emergência

Califórnia declara estado de emergência

Um grande fogo alastrou, esta sexta-feira, perto do famoso Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia, ameaçando milhares de casas e tendo as autoridades declarado o estado de emergência.

O incêndio, conhecido como "Rim Fire", irrompeu no passado sábado pelo bosque nacional de Stanislaus, no condado de Tuolumne, a oeste de Yosemite, uma das mais populares atrações turísticas da Califórnia e, no início de sexta-feira, já tinha destruído mais de 42 mil hectares enquanto mais de dois mil bombeiros combatiam as chamas.

Segundo a página oficial de informação dos incêndios, apenas 2% do incêndio estava hoje controlado e cerca de 4500 casas estavam ameaçadas.

O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou, sexta-feira, o estado de emergência o que implica a mobilização de mais recursos para combater o fogo.

Nove casas já foram destruídas pelo incêndio cujo cheiro é sentido na cidade de Reno, no Nevada, a cerca de 250 quilómetros de distância, segundo o jornal "Los Angeles Times".

A estrada nacional 120, uma das principais em direção a Yosemite, foi fechada, mas outras estradas para o parque mantêm-se abertas.

Este fogo é um dos principais incêndios que assolam atualmente o oeste dos Estados Unidos.

Em Idaho, perto da estância de esqui de Sun Valley, o incêndio "Beaver Creek" já destruiu cerca de 45 mil hectares, tendo sessenta e 7% do fogo sido dominado sexta-feira.