EUA

Camisola de Harvard de John F. Kennedy leiloada por mais de 70 mil euros

Camisola de Harvard de John F. Kennedy leiloada por mais de 70 mil euros

A camisola da Universidade de Harvard de John F. Kennedy, entregue a um operador de câmara de televisão que mencionou estar com frio enquanto entrevistava Jacqueline Kennedy, foi vendida em leilão por mais de 85 mil dólares (cerca de 71 mil euros).

O casaco de lã carmesim, com um grande "H" preto e oito botões brancos madrepérola, foi uma das várias recordações dos presidentes dos EUA vendidas durante um leilão do Dia do Presidente, que terminou na quinta-feira, de acordo com a leiloeira RR, sedeada em Boston.

A camisola de Harvard de JFK, com o seu apelido cosido no colarinho, foi adquirida por Herman Lang, um operador de câmara da CBS que filmou uma entrevista com Jacqueline Kennedy em 1964, no ano seguinte ao assassinato do 35.º presidente dos Estados Unidos, em Dallas.

Acredita-se que, uma vez que a entrevista foi ao ar livre, Herman Lang terá mencionado que estava com frio e que a camisola lhe terá sido oferecida, de acordo com a leiloeira. Quando se ofereceu para a devolver, foi-lhe dito que a guardasse como lembrança do falecido presidente.

Uma fotografia assinada de Abraham Lincoln e do seu filho Tad, uma das três únicas fotografias conhecidas dos dois, foi vendida por mais de 135 mil dólares (cerca de 112 mil euros).

Um bilhete de lotaria assinado por George Washington foi vendido por quase 26 mil dólares (22 mil euros) e uma carta manuscrita de Ronald Reagan à sua filha, foi leiloada por quase 24 mil dólares (20 mil euros).

Documentos e papéis pessoais assinados por John Quincy Adams, James Monroe, James Madison, Andrew Jackson, Martin Van Buren, Zachary Taylor, Millard Fillmore, James Buchanan, Ulysses S. Grant, James Garfield e outros antigos presidentes dos EUA foram também leiloados.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG