Sequestro

Canadiana terá sido sequestrada pelo Estado Islâmico

Canadiana terá sido sequestrada pelo Estado Islâmico

Gil rosenberg, de 31 anos, poderá ter sido sequestrada pelo Estado Islâmico, enquanto combatia ao lado dos curdos, em Kobane, na Síria. Não há ainda confirmação oficial, mas, a comprovar-se "seria como uma medalha de ouro para os jiadistas, já que é judia, da América do Norte e israelita", disse um amigo.

Rosenberg, engenheira aeronáutica nascida no Canadá, emigrou para Israel, onde integrou uma unidade de resgate do Exército. Mais recentemente, decidiu juntar-se ao combate dos curdos contra o EI e explicou a sua decisão no Facebook: "Senti necessidade de ajudar os curdos. Amam a vida tanto como nós os judeus". Foi a primeira mulher estrangeira a integrar as Unidades Femininas de Proteção.

O pai de Rosenberg conta que o sonho da filha era trabalhar para a Mossad e ser espia em território inimigo. O seu oficial do Exército em Israel, Dan Diaman, declarou, à imprensa local, que "não era uma pessoa comum: não me surpreendi quando me disseram que se tinha alistado nas fileiras curdas

As autoridades israelitas e canadianas estão a procurar apurar a veracidade da suspeita deste sequestro avançado por fontes ligadas ao EI.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG