Eleições nos EUA

Serviços Secretos preparam reforço da segurança de Biden em caso de vitória

Serviços Secretos preparam reforço da segurança de Biden em caso de vitória

Joe Biden vai ter a sua segurança reforçada pelos Serviços Secretos em antecipação ao anúncio da sua cada vez mais provável vitória e ao discurso de aceitação no estado de Delaware.

A notícia é avançada pelo "The Washington Post", que cita duas fontes próximas dos planos, notando que os Serviços Secretos do país vão enviar reforços a Wilmington, esta sexta-feira, enquanto Biden se prepara para potencialmente reivindicar a vitória.

A campanha do candidato democrata avisou os Serviços Secretos que Biden continuaria a usar o centro de congressos de Wilmington por pelo menos mais um dia, onde poderá fazer o discurso principal de vitória já esta sexta-feira. Biden pode vencer as eleições norte-americanas já na Pensilvânia, onde ganhou terreno nas últimas horas e está quase empatado com o republicano.

Embora o dispositivo de segurança adicional não se equipare à proteção total de um presidente eleito, o número de agentes aproximar-se à disso. Nem os Serviços Secretos, nem a campanha de Biden comentaram a notícia do "The Washington Post".

O resultado das eleições deverá ser anunciado na manhã desta sexta-feira ou durante o dia, dependendo da contagem dos votos na Pensilvânia e na Geórgia, seguindo-se o fecho nos estados do Arizona, do Nevada e da Carolina do Norte.

Neste momento, Biden é o favorito para conseguir os 270 votos do colégio eleitoral necessários para alcançar a presidência norte-americana.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG