Canadá

Chamada de gorda, miss Canadá responde a críticas

Chamada de gorda, miss Canadá responde a críticas

A Miss Canadá respondeu, no Instagram, às críticas de que foi alvo por ter ganho peso ao longo do seu percurso pelo concurso de beleza.

"Recentemente perguntaram-me: 'O que te aconteceu? Por que ganhaste peso? Estás a perder pontos'. Isto era, claramente, uma referência ao meu corpo. Embora seja a primeira a admitir que não estou tão magra como era aos 16, aos 20, ou até mesmo no ano passado, estou mais confiante, capaz, sábia, humilde e mais apaixonada do nunca", escreveu a miss, no Instagram, após ser criticada, nas redes sociais, por ter ganho peso.

No último sábado, Siera Bearchell, de 23 anos, natural de Saskatchewan, Canadá, revelou ainda as batalhas que teve com a sua imagem e confessou que, durante os concursos, costumava limitar a dieta, de forma pouco saudável, o que a fazia sentir "complexada e infeliz".

"O meu corpo não é naturalmente magro e não há problema. Sou saudável. Estou em forma. Estou confiante. Eu sou eu. Esta sou eu e, neste momento, estou confortável com isso. Vocês também deviam estar", referiu a Miss Canadá.

"Quando vocês me chamam preguiçosa, gorda e medíocre, o que estão a dizer às mulheres do mundo? A organização Miss Universo tem como base a inclusão e a diversidade. Não é o 'concurso de beleza' que costumava ser", escreveu a candidata.

PUB

"A missão da Miss Universo é fornecer as ferramentas para que as mulheres alcancem o seu bem pessoal e usem essas habilidades para ajudar os outros. É exatamente o que estou a fazer e não vou ser derrubada pela negatividade. Na verdade, a negatividade só alimenta o meu fogo para continuar a trabalhar numa plataforma que claramente precisa de evoluir. Esta jornada ainda agora começou", concluiu Bearchell.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG