Alemanha

Candidato a deputado na Alemanha procura escravos sexuais na Net

Candidato a deputado na Alemanha procura escravos sexuais na Net

O político conservador Hans Müller, candidato ao Parlamento regional da Baviera, na Alemanha, está na Internet à procura de escravos sexuais. A notícia foi avançada esta quinta-feira pelo jornal "Bild".

Hans Müller, de 55 anos, candidato pelo Partido Liberal (FDP), está inscrito num portal de sexo online, no qual, sob um pseudónimo, procura escravos para experiências sexuais e se descreve como "dominante" e "sádico".

O perfil, que deveria ser privado, foi descoberto pelo "Bild" e tornado público. O mesmo aconteceu com a sua mulher, Sandra Müller, tesoureira do FDP local, que tem também um perfil no mesmo portal na qualidade de "propriedade" do marido.

Reagindo à divulgação das suas preferências sexuais na Imprensa, o candidato declarou que "se tratam de questões que não estavam pensadas para serem públicas", mas sim parte de "uma comunidade interna".

Por sua vez, fonte do FDP disse que, apesar da infeliz exposição, trata-se da vida privada do candidato, pelo que não irá valorizar o caso. "Foi seguramente um erro permitir o acesso público a esse perfil pessoal, mas não vamos dar-lhe maior importância", declarou Günter Valentim, vicepresidente do FDP local.

Müller entende ainda que o episódio "não tem que afetar a intenção dos eleitores liberais", pelo que não pretende retirar a sua candidatura.