Filipinas

Cáritas abre conta solidária para vítimas do tufão nas Filipinas

Cáritas abre conta solidária para vítimas do tufão nas Filipinas

A Cáritas Portuguesa abriu uma conta bancária para recolha de donativos para as vítimas do tufão Haiyan, que atingiu as Filipinas no passado dia 8.

"Impressiona a generosidade do povo português. Conhecemos os graves problemas que a nossa gente está a atravessar. Sentimos que as pessoas já vão tendo dificuldades em ajudar internamente os seus concidadãos. Mas, quando aconteceu isto, eram constantes os telefonemas a perguntar se não íamos fazer nada a favor do povo que sofreu aquela enorme tragédia. Isto é de uma nobreza muito grande", disse Eugénio Fonseca, presidente da Cáritas Portuguesa.

Por "não querer ficar indiferente a esta vontade do povo em querer ser solidário", a instituição decidiu abrir a conta "Cáritas ajuda as Filipinas", que tem o número 324 10.001215.6 e o NIB 0036 0324 99100012156 23.

O responsável lembrou ainda que a Cáritas disponibilizou à Conferência Episcopal 25 mil euros, que já seguiram para a Cáritas nas Filipinas.

Além da conta bancária, a Cáritas Portuguesa vai fazer na quinta-feira, "a pedido da Cáritas nas Filipinas, uma eucaristia de oração pelas vítimas e, nessa eucaristia, o ofertório será para o povo nas Filipinas", indicou.

A missa terá lugar na Igreja de Santa Isabel, em Lisboa, às 19.00 horas, e será presidida pelo patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente.

Eugénio Fonseca falava à Lusa no final do Conselho Geral da Cáritas Portuguesa, que se realizou este fim de semana em Fátima.