Inovação

Carne produzida numa impressora 3D. Esta é a comida do futuro dos astronautas

Carne produzida numa impressora 3D. Esta é a comida do futuro dos astronautas

A carne pode bem passar a fazer parte da alimentação dos astronautas. Oleg Skripochka conseguiu o feito através de uma impressora 3D com tecidos de carne produzidos artificialmente. A refeição foi bem sucedida em setembro, mas os resultados só foram conhecidos esta quarta-feira.

Os astronautas usufruíram de uma refeição com carne durante a viagem da Estação Especial Internacional. Com células de carne de peixe e coelho foi possível obter pedaços de carne através de uma impressora 3D. O projeto partiu de uma empresa farmacêutica russa, "3D Bioprinting Solutions", e as células biológicas vêm dos Estados Unidos da América e de Israel.

A luta no espaço faz-se também agora nas refeições. Os Estados Unidos da América estariam a ponderar o mesmo feito com a produção artificial de tecidos animais, mas também humanos. Em conferência de imprensa, Ioussef Khessouani, responsável da farmacêutica afirmou que esta será a primeira vez que um pequeno pedaço de carne artificial é produzida num ambiente sem gravidade.

Para já, a carne ainda é fabricada em pequenas quantidades. Para grandes quantidades, a Estação Especial Internacional terá de investir em equipamentos maiores e mais complexos.