Espanha

Carta com "material pirotécnico" endereçada a Sánchez intercetada a 24 de novembro

Carta com "material pirotécnico" endereçada a Sánchez intercetada a 24 de novembro

O Ministério do Interior espanhol comunicou esta quinta-feira a receção, a 24 de novembro, de um envelope com características semelhantes aos detetados na embaixada da Ucrânia em Madrid, numa fábrica de armamento em Saragoça e na Base Aérea de Torrejón de Ardoz, na periferia da capital espanhola. Ministério da Defesa também recebeu carta suspeita.

A carta continha "material pirotécnico" e, segundo avança o "El País", foi endereçada ao primeiro-ministro, Pedro Sánchez.

Neste momento já são cinco os envelopes suspeitos encontrados pelas autoridades. A unidade militar da Base Aérea de Torrejón de Ardoz comunicou às autoridades ter recebido um deles, durante a madrugada. A carta foi detetada entre as 3 e as 4 horas, segundo fontes policiais. De acordo com os investigadores, o envelope continha um "artefacto" capaz de gerar chama.

PUB

Entretanto, esta quinta-feira de manhã, os serviços de segurança do Ministério da Defesa também alertaram para a receção de uma encomenda similar.

De referir que outros dois envelopes do género tinham sido encontrados na quarta-feira. O primeiro foi endereçado ao embaixador ucraniano Serhii Pohoreltsev e explodiu na embaixada em Madrid, ferindo um funcionário. As autoridades não descartam a hipótese de se tratar de um ato de terrorismo.

A segunda carta foi detetada numa fábrica de armamento em Saragoça, região de Aragão (nordeste de Espanha), e detonada pela polícia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG