Paris

Carta de suicídio escrita por Baudelaire leiloada por 234 mil euros

Carta de suicídio escrita por Baudelaire leiloada por 234 mil euros

Uma carta de juventude do poeta francês Charles Baudelaire anunciando a intenção de se suicidar foi este domingo vendida por 234 mil euros, três vezes o preço estimado, num leilão da casa parisiense Osenat de correspondência do autor.

O destaque do leilão, esta carta de Charles Baudelaire (1821-1867), datada de junho de 1845 e dirigida à sua amante Jeanne Duval, tinha um valor estimado de entre 60.000 e 80.000 euros e fará agora parte de uma coleção privada francesa, precisou a leiloeira situada em Fontainebleau, perto de Paris.

"Quando a menina Jeanne Lemer vos entregar esta carta, eu estarei morto [...]. Mato-me porque já não aguento mais viver, porque o cansaço de adormecer e o cansaço de acordar me são insuportáveis", escreveu o poeta, que em seguida deu a si mesmo uma facada sem consequências graves.

Tinha, então, 24 anos e viveria ainda mais 22 anos. Morreu em 1867, de sífilis.

Outros textos pertencentes ao autor de "As Flores do Mal", bem como cartas de Barbey d'Aurevilly, Delacroix, Hugo e Manet que lhe são dirigidas encontram-se também na coleção hoje leiloada.

A carta do pintor Eugène Delacroix foi arrematada pelo museu Delacroix, por 7.540 euros, anunciou a casa Osenat em comunicado.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG