Ambiente

Centro de Roma vai ser interdito a viaturas a gasóleo a partir de 2024

Centro de Roma vai ser interdito a viaturas a gasóleo a partir de 2024

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, membro do Movimento 5 Estrelas (M5S, populista), anunciou que o centro de Roma vai ser interdito a veículos a "diesel" a partir de 2024.

A autarca decidiu divulgar esta quarta-feira nas redes sociais o discurso que fez no encontro "Women4Climate", no México, em que participam mulheres que atualmente desempenham o cargo de presidente de Câmara nos seus países.

"A partir de 2024 será interdito utilizar viaturas a 'diesel' no centro de Roma", disse Virginia Raggi nas redes sociais, sem, contudo, dar mais pormenores sobre o assunto.

PUB

O "diesel" está diminuir desde há alguns anos na Europa e no mundo, com os construtores de automóveis a virarem-se para as motorizações que não usam este tipo de combustível e a acelerarem o fabrico de veículos movidos a eletricidade.

Um tribunal alemão considerou na terça-feira ser legal que uma cidade proíba a circulação de veículos com motores movidos a gasóleo (diesel) especialmente poluentes para combater a poluição atmosférica, sem necessidade de uma lei nacional.

A sentença do Tribunal Superior Administrativo de Leipzig sobre o recurso de dois estados era esperada na Alemanha com grande expectativa devido à norma europeia de aplicar a proibição de circulação de alguns carros a diesel em cidades que ultrapassem limites máximos de dióxido de nitrogénio (NO2).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG