Escócia

Cerca de 33 mil pessoas despediram-se de Isabel II em Edimburgo

Cerca de 33 mil pessoas despediram-se de Isabel II em Edimburgo

Cerca de 33 mil pessoas visitaram o caixão da rainha Isabel II na Catedral de Santo Egídio, em Edimburgo, na Escócia, durante as 24 horas em que o local esteve aberto ao público.

A urna com os restos mortais da monarca britânica saiu esta terça-feira à tarde da capital escocesa de avião para Londres, onde vai passar esta noite no Palácio de Buckingham.

O avião da Força Aérea Real que transportava a urna, que foi acompanhada pela princesa Ana, já aterrou ao final da tarde na capital britânica.

PUB

"A Escócia deu um adeus final e comovente à nossa amada Isabel, Rainha da Escócia. Nos últimos dias vimos o quanto Sua Majestade significava para o povo da Escócia", afirmou a primeira-ministra, Nicola Sturgeon.

Isabel II morreu no passado dia 8 de setembro aos 96 anos no Castelo de Balmoral, na Escócia, pelo que as cerimónias fúnebres incluíram uma missa e velório em Edimburgo, antes de seguir para Londres onde terá lugar o funeral de Estado.

Na segunda-feira, o rei Carlos III liderou um cortejo com a irmã, Ana, e os irmãos, André e Eduardo, junto do carro funerário entre o Palácio de Holyroodhouse, onde o corpo da monarca chegou domingo do Castelo de Balmoral, e a Catedral de Santo Egídio, a cerca de um quilómetro.

Os quatro filhos protagonizaram mais tarde uma vigília do caixão, enquanto milhares de pessoas entraram e prestaram as últimas homenagens.

O caixão, que esta noite fica no Palácio de Buckingham, será transferido na quarta-feira para o Palácio de Westminster, onde ficará quatro dias para que o público também possa prestar a sua última homenagem a Isabel II.

O funeral de Estado realiza-se na segunda-feira na Abadia de Westminster às 11 horas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG