O Jogo ao Vivo

Campanha

Cher ajuda a salvar elefante mal tratado num zoo do Paquistão

Cher ajuda a salvar elefante mal tratado num zoo do Paquistão

O elefante Kaavan é transferido de avião, este domingo, para uma reserva no Camboja após anos de maus-tratos num jardim zoológico em Islamabad, no Paquistão, na sequência de uma campanha liderada pela cantora americana Cher.

A cantora chegou a Islamabad na semana passada para ficar com o elefante de 37 anos, que estava a ser maltratado há 37 anos, desencadeando uma "luta feroz" de ativistas dos direitos dos animais do Paquistão.

"Graças a Cher e também aos ativistas paquistaneses, a situação de Kaavan fez manchetes em todo o mundo e isso ajudou a facilitar a sua transferência", disse Martin Bauer, porta-voz da organização Four Paws.

Cher, que contribuiu financeiramente para a transferência do animal, viaja hoje para o Camboja para estar no país quando o animal chegar.

Esta semana, o primeiro-ministro, Imran Khan, encontrou-se com a artista de 74 anos para lhe agradecer pessoalmente.

Kaavan é considerado pela imprensa o elefante mais solitário do mundo, sendo o único elefante asiático do Paquistão, dado que, os outros são africanos.

PUB

Uma equipa de veterinários e tratadores da Four Paws passou meses a treinar o elefante para a viagem, com duração de sete horas.

O caso de Kaavan e o "estado deplorável" do zoológico da capital paquistanesa levaram um magistrado a ordenar, este ano, a transferência de todos os animais.

A administração do jardim zoológico negou os maus-tratos ao animal, mas especialistas internacionais detetaram "problemas", nomeadamente de saúde mental, no elefante.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG