Submarino Nuclear

China mostra submarinos nucleares

China mostra submarinos nucleares

Segundo estimativas ocidentais, o Império do Meio terá cerca de um dezena de submarinos nucleares e sessenta movidos a diesel.

A China vai exibe, primeira vez, dois dos seus submarinos nucleares, num inédito desfile naval internacional em Qingdao, na costa norte do país.

A exibição do "Longa Marcha 3" e do "Longa Marcha 6" é uma das atracões do programa comemorativo do 60º aniversário da marinha chinesa, que decorre há alguns dias em Qingdao com a presença de líderes militares de 29 países, entre os quais Portugal.

Segundo estimativas ocidentais, a China terá cerca de um dezena de submarinos nucleares e sessenta movidos a diesel.

O desfile naval, esta tarde (hora local), é o primeiro do género realizado na China, com navios de 19 países, incluindo Estados Unidos, Japão, Rússia, França, Índia e Brasil.

Portugal está representado nas comemorações pelo chefe do estado-maior da Armada, almirante Fernando Melo Gomes. 

Num rara entrevista, concedida a semana passada, o comandante-em-chefe da marinha chinesa, almirante Wu Shengli, afirmou que a China vai acelerar o estudo e fabrico de "uma nova geração" de armas e navios, incluindo o primeiro porta-aviões do país.

"A Marinha vai avançar mais depressa na investigação e construção de uma nova geração de armas para impulsionar a capacidade para lutar em guerras navais regionais num contexto de tecnologia de informação", disse.

Wu Shengli, 64 anos, é também membro da Comissão Militar Central, a direcção politica das forças armadas chinesas, chefiada pelo secretário-geral do Partido Comunista e presidente da república, Hu Jintao.

Três navios chineses, com 800 tripulantes, foram enviados no final de 2008 para o Golfo de Aden, numa operação multinacional de combate à pirataria, aprovada pelo Conselho de Segurança da ONU.

Foi a primeira missão fora das águas territoriais da China desde que o Exercito Popular de Libertação (nome das forças armadas chinesas) criou o ramo da marinha, no dia 23 de Abril de 1949.