Coronavírus

Cidade chinesa impõe recolher obrigatório a nove milhões de habitantes

Cidade chinesa impõe recolher obrigatório a nove milhões de habitantes

A cidade chinesa de Wenzhou, uma das mais afetadas pela epidemia fora do epicentro do novo coronavírus, impôs domingo um recolher obrigatório aos seus mais de nove milhões de habitantes e restringiu drasticamente a circulação automóvel, anunciaram as autoridades.

Os moradores estão obrigados a permanecer em casa. Apenas uma pessoa por família pode sair a cada dois dias para fazer compras, disseram as autoridades locais.

O transporte público está suspenso, assim como os autocarros de longa distância. As principais rodovias estão quase totalmente fechadas à circulação automóvel.

Locais públicos como cinemas ou piscinas estão fechados. As empresas não voltarão a laborar antes de 17 de fevereiro e as escolas estão encerradas até pelo menos 1 de março.

Wenzhou, que regista 265 casos de pessoas infetadas, situa-se no leste da China, a mais de 800 quilómetros de Wuhan, cidade no centro do país onde o coronavírus apareceu em dezembro e que está em quarentena desde 23 de janeiro.

Outras Notícias