O Jogo ao Vivo

Universo

Cientistas enviam mensagem a extraterrestres e esperam resposta até 2042

Cientistas enviam mensagem a extraterrestres e esperam resposta até 2042

O programa científico internacional "Messaging Extraterrestrial Intelligence" (METI), que se rege pela missão primária de investigar formas de vida fora do planeta Terra, acaba de enviar uma série de mensagens a um planeta externo ao Sistema Solar, visando estabelecer contacto com alienígenas.

O alvo foi o exoplaneta GJ 273b, situado a uma distância de 12,4 anos-luz da Terra, que os cientistas acreditam ser potencialmente habitável, dadas as características semelhantes às do planeta azul.

O fundador e presidente da METI, Doug Vakoch, acredita que as transmissões enviadas para o espaço interestelar por vias de ondas de rádio vão ser recebidas e respondidas por uma civilização inteligente. A resposta, a chegar, virá até ao ano de 2042, espera Vakoch.

Se tal acontecer - e é um grande "se" -, terá havido o primeiro contacto entre a Humanidade e "inteligência extraterrestre" pela primeira vez na História.

Segundo o astrónomo, a mensagem é "distinta" porque foi concebida tendo em conta os cientistas extraterrestres, cuja existência será essencial para o sucesso da missão. "Enviamos o tipo de sinal que quereríamos receber aqui na Terra", contou em entrevista ao site norte-americano "CNET", que se debruça sobretudo por temas relacionados com tecnologia.

As mensagens foram transmitidas a partir de uma antena na Noruega, durante oito horas divididas em três dias de outubro, disse Douglas Vakoch à revista "New Scientist", acrescentando que a transmissão contém informações sobre matemática, música e ciência.

A iniciativa - "Sónar Calling GJ273b" - foi anunciada publicamente na quarta-feira e nasce em jeito de comemoração dos 25 anos do "Sónar", um festival de música, criatividade e tecnologia de Barcelona, que dá o nome ao projeto.