Mundo

Cinco palestiniamos mortos na faixa de Gaza

Cinco palestiniamos mortos na faixa de Gaza

Pelo menos cinco palestinianos morreram e três ficaram feridos num ataque da aviação israelita contra um campo de treino das Brigadas de Al Quds, o braço armado da Jihad Islâmica, na cidade de Rafah, no sul da faixa de Gaza, informaram fontes hospitalares.

O porta-voz das emergências do Ministério da Saúde do Hamas na faixa, Adham Abu Selmeya, confirmou terem dado entrada nos hospitais de Rafah cinco mortos e três feridos.

Selmeya acrescentou que o número de vítimas poderá aumentar uma vez que as equipas de resgate e as ambulâncias transportaram mais feridos para os centros de saúde de Rafah.

Testemunhos presenciais disseram à agência Ede que uma forte explosão fez-se ouvir às primeiras horas da tarde de hoje num posto de treino das Brigadas Al Quds na cidade de Rafah, perto da fronteira de Gaza com o Egipto.

Inicialmente pensava-se que a explosão fora acidental mas depois as Brigadas Al Quds emitiram um comunicado a informar que um avião israelita tinha disparado mísseis sobre a sua base de treino.

Entre os mortos consta Ahmed Sheij Jalil, um veterano dirigente do grupo e mais quatro activistas, segundo as Brigadas, que ameaçaram responder ao ataque de forma "forte e contundente".

Um comunicado do exército israelita confirmou depois a operação, acrescentando que um avião militar atacou um "esquadrão terrorista" no sul da faixa de Gaza que se "estava a preparar para lançar rockets contra território israelita.

PUB

Segundo o exército, o mesmo grupo é responsável pelo lançamento de mísseis Grad de longo alcance efectuado na quarta-feira contra Israel.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG