Polícia

City de Londres albergava fábrica de canábis

City de Londres albergava fábrica de canábis

Após várias denúncias sobre o cheiro forte que pairava na rua de Throgmorton, perto do Banco de Inglaterra, na zona financeira de Londres, a polícia descobriu uma fábrica de canábis. As autoridades acreditam que os produtores aproveitaram o confinamento para iniciarem a produção da planta.

A Polícia Metropolitana de Londres descobriu uma fábrica de produção de canábis com 826 plantas, numa propriedade não residencial, na rua de Throgmorton, perto do na City de Londres. Costuma ser uma das zonas mais movimentadas da cidade e recebe milhares de turistas para visitar a Catedral de São Paulo e o Mercado de Leadenhall.

Os agentes esclareceram que é a primeira fábrica deste tipo que desmantelam e acreditam que os produtores se aproveitaram do confinamento imposto pelo novo coronavírus no país, que reduziu a movimentação no centro da cidade.

"Esta é a primeira fábrica de canábis na cidade, sem dúvida em resposta a um menor número de pessoas que, durante a pandemia, podem ter notado qualquer atividade invulgar", salienta Andy Spooner, inspetor responsável pela operação.

As autoridades descobriram a produção ilegal no dia 13 de janeiro, pelo que no dia seguinte já tinham um mandado para entrar nas instalações. Duas pessoas foram detidas, mas os inquéritos ainda continuam.

"Isto demonstra que a polícia da cidade de Londres continua a policiar ativamente a Square Mile [nome popular para a zona da City] e está atenta qualquer crime aqui cometido", assegura Spooner.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG