Mundo

Comandante do avião sinistrado tinha larga experiência de voo

Comandante do avião sinistrado tinha larga experiência de voo

O comandante do avião que caiu na Namíbia era um moçambicano com larga experiência aos comandos de aeronaves das LAM, indicam fontes não oficiais.

O comandantes do voo TM 470 contava já com mais de quatro mil horas de voo, era chefe de operações e instrutor de voo.

As mesmas fontes indicam que o co-piloto era um jovem moçambicano mas já com experiência de voo de mais de mil horas de voo nos aviões da companhia aérea moçambicana.

A polícia da Namíbia encontrou este sábado o "avião sinistrado" das Linhas Aéreas Moçambicanas, que estava desaparecido desde sexta-feira. Não há sobreviventes entre os 33 ocupantes da aeronave, sendo que seis dos passageiros eram portugueses.