EUA

Condenado fala em Obama antes de ser executado

Condenado fala em Obama antes de ser executado

Um cidadão norte-americano foi executado, na terça-feira à noite, no estado de Oklahoma (sul), em plena noite eleitoral, e as suas últimas palavras foram dedicadas à "disputa renhida" nas eleições presidenciais.

Garry Thomas Allen, 56 anos, cuja execução foi adiada por três ocasiões, foi declarado morto por injeção letal às 18.10 horas (23.10 horas em Portugal continental), cerca de uma hora antes do encerramento das assembleias de voto neste estado.

"[Barack] Obama ganhou dois dos três condados" de Oklahoma, disse o condenado, pouco antes do início do procedimento da execução.

"Vai ser uma corrida muito disputada", comentou, segundo o porta-voz das autoridades penitenciárias locais, Jerry Massie, em declarações à agência noticiosa francesa AFP.

O democrata Barack Obama foi reeleito Presidente dos Estados Unidos, superando os 270 votos no colégio eleitoral, o mínimo necessário para garantir a eleição e derrotar o candidato republicano Mitt Romney.

Outros Artigos Recomendados