Protestos

Confrontos entre manifestantes e polícia em Fortaleza

Confrontos entre manifestantes e polícia em Fortaleza

Um grupo de manifestantes entrou, esta quarta-feira, em confronto com a polícia junto ao estádio "Arena do Castelão", em Fortaleza, no nordeste do Brasil, onde dentro de algumas horas a seleção brasileira enfrentará o México.

Os manifestantes atiraram pedras contra a polícia, que tenta impedir o acesso ao estádio de uma manifestação que reúne cerca de 5.000 pessoas, enquanto os agentes responderam com gás lacrimogéneo e balas de borracha.

Os protestos reúnem cerca de 5 mil pessoas, que reclamam contra os gastos com os grandes eventos desportivos, segundo as primeiras informações difundidas pela imprensa brasileira.

Os manifestantes apresentam cartazes com palavras de ordem contra o governo de Dilma Rousseff e contra a Federação Internacional de Futebol (FIFA), responsável pela organização da Taça das Confederações e do Mundial 2014, que vai decorrer também no Brasil.

Os manifestantes pretendem marchar em direção ao estádio "Arena do Castelão", onde o jogo Brasil-México tem início previsto para as 16 horas (20 horas em Portugal continental).

A política já cercou o local para impedir que a manifestação alcance o estádio.

Em Belo Horizonte, alguns manifestantes vandalizaram o "Relógio da Copa", que fazia a contagem decrescente até ao Mundial 2014, na noite da passada terça-feira (madrugada desta quarta-feira, em Lisboa).

Está ainda marcada uma nova manifestação para a tarde desta quarta-feira.