Mundo

Conservadores com maioria absoluta no Reino Unido

Conservadores com maioria absoluta no Reino Unido

O partido do primeiro-ministro David Cameron obteve a maioria absoluta nas eleições no Reino Unido, com 330 deputados eleitos. O partido nacionalista escocês é outro grande vencedor, passando de seis para 56 mandatos.

Os conservadores de David Cameron reforçaram-se como grandes vencedores das eleições gerais de quinta-feira no Reino Unido, com 330 de 650 deputados eleitos.

Outro vencedor das eleições de quinta-feira no Reino Unido é o Partido Nacionalista Escocês (SNP), que deve eleger 56 deputados, mais 50 que nas anteriores eleições.

O Partido Trabalhista elegeu 232 deputados (menos 26) e os Liberais Democratas, os grandes derrotados da noite, apenas oito, contra 56 há cinco anos.

Resultados que contrariam as sondagens feitas à boca das urnas, na quinta-feira, que estimavam um empate técnico entre Conservadores e Trabalhistas.

Só em em termos percentuais houve algum equilíbrio. O Partido Conservador obteve 36,8% dos votos, contra 30% do Partido Trabalhista. Como a votação decorre em círculos uninominais, só o vencedor de cada uma das 650 circunscrições é que elege um deputado, o que explica a diferença de mandatos: 330 para os "Tories" e 232 para o "Labour".

Um sistema que é prejudicial para os pequenos partidos que ajuda a explicar a debacle do UKIP. O partido anti-europeu que deixava a União Europeia tensa ante a possibilidade de obter um resultado histórico, elegeu apenas uma deputado, em Clacton, no Este de Inglaterra. O líder, Nigel Farage não conseguiu ser eleito e demitiu-se.

O primeiro-ministro David Cameron, encontrou-se com a rainha Isabel II às 12.30 horas, para oficializar a sua reeleição nas legislativas no Reino Unido e tendo sido convidado formalmente para constituir um novo Governo.

A visita ao Palácio de Buckingham precede o regresso do líder conservador ao número 10 da Downing Street, para uma declaração ao país.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, destacou a "noite boa" dos Conservadores, ao renovar o seu lugar pela circunscrição inglesa de Witney, quando a contagem dos votos dava já uma vitória clara nas eleições.

Outros Artigos Recomendados