Tensão

Coreia do Norte diz que testou novo sistema que aumentará eficácia de armas nucleares

Coreia do Norte diz que testou novo sistema que aumentará eficácia de armas nucleares

A Coreia do Norte testou um novo sistema de armamento que permitirá aumentar a eficácia das suas armas nucleares táticas, indicaram meios de comunicação norte-coreanos estatais, sem especificar a data exata da operação.

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, supervisionou o teste da nova arma tática que irá aumentar o poder de fogo da artilharia de longo alcance e irá melhorar "a eficiência operacional das armas nucleares táticas da RPDC (República Popular Democrática da Coreia) e a diversificação das (suas) missões de poder de fogo", segundo avançou a agência de notícias KCNA.

O líder norte-coreano presidiu a uma marcha civil, em Pyongyang, na quinta-feira, para assinalar o 110.º aniversário do nascimento do avô e fundador do país, Kim Il-sung, segundo noticiaram os meios de comunicação estatais.

Vários observadores tinham previsto a realização de um grande desfile militar nesta data, numa altura de tensão crescente devido aos recentes testes de projéteis de Pyongyang, que pela primeira vez, desde 2017, lançou um míssil balístico intercontinental (ICBM) em março, um gesto ao qual Washington respondeu com o envio de um porta-aviões para as águas ao largo da península, pela primeira vez em cinco anos.

Na segunda-feira, Estados Unidos e Coreia do Sul dão início às habituais manobras militares de primavera, momento de grande tensão entre os vizinhos da península coreana.

Norte e Sul continuam tecnicamente em guerra, uma vez que a Guerra da Coreia (1950-53) terminou com a assinatura de um armistício e não de um tratado de paz.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG