Saúde

Coronavírus faz primeira vítima na Europa. Turista chinês morre em França

Coronavírus faz primeira vítima na Europa. Turista chinês morre em França

Um turista chinês morreu este sábado, em França, vítima do coronavírus, confirmou a ministra da Saúde francesa, Agnès Buzyn.

É também a primeira morte relacionada com o surto de Covid-19 na Europa. É o terceiro caso mortal registado fora da China, onde a epidemia foi detetada, tendo antes sido registado um morto nas Filipinas e um no Japão.

O homem, originário da província de Hubei, a mais afetada na China, chegou a França a 16 de janeiro e foi internado no Hospital Bichat, em Paris, em 25 de janeiro. " É a primeira morte fora da Ásia e a primeira na Europa", sublinhou a ministra durante uma conferência de imprensa, este sábado.

Esta morte em França é conhecida no dia em que a China anunciou a morte de 143 pessoas nas últimas 24 horas no país devido ao coronavirus Codiv-19, elevando para 1523 o número de vítimas mortais da epidemia na China continental, a que acresce uma no território chinês de Hong Kong. Assim, o coronavírus Covid-19 provocou 1527 mortos e infetou cerca de 65 mil pessoas a nível mundial.

De acordo com a Comissão Nacional de Saúde, o número de infetados no interior da China (que exclui Macau e Hong Kong) cresceu 2641, para 66492. No mesmo período em análise, 1373 pessoas receberam alta hospitalar.

Por outro lado, só na província chinesa Hubei, epicentro do novo coronavírus, designado Covid-19, foram reportadas mais 139 mortes nas últimas 24 horas, elevando para 1457 o número de pessoas mortas na província, segundo os dados da Comissão de Saúde de Hubei.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG