Coronavírus

Covid-19 já matou 80 médicos e 25 enfermeiros em Itália

Covid-19 já matou 80 médicos e 25 enfermeiros em Itália

A pandemia de Covid-19 já matou em Itália 80 médicos (desde 11 de março) e 25 enfermeiros do Serviço Nacional de Saúde. Segundo os dados do Instituto Superior de Saúde, há ainda 11.252 profissionais contagiados.

Destes, 52% são enfermeiros, sublinha a federação nacional das ordens dos enfermeiros.

Silvestro Scotti, secretário geral da Federação italiana dos Médicos de Medicina Geral, subiu o tom e anunciou uma posição de força: "Estamos prontos a fechar os consultórios", afirma num comunicado de imprensa. O dirigente adiantou que os médicos de família vão apenas assegurar os serviços mínimos, ou seja, ficam apenas disponíveis por telefone e para visitas urgentes aos pacientes.

A federação reivindica que seja esclarecido que o fornecimento de equipamento de proteção individual é extensível aos médicos de Medicina Geral, pediatras e farmacêuticos.

O comissário para a emergência coronavírus, Domenico Arcuri, disse que entre este sábado e a próxima segunda-feira vão ser distribuídas pelos médicos 620 mil máscaras.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG