Mundo

Criança de 11 anos é o mais jovem dos condenados pelos motins em Londres

Criança de 11 anos é o mais jovem dos condenados pelos motins em Londres

Uma criança do sexo masculino de 11 anos foi condenada, esta quarta-feira, a 18 meses de reabilitação num centro para menores por ter roubado um caixote de lixo durante os recentes distúrbios em Londres.

É o mais jovem dos condenados relacionados com a vaga de violência que assolou várias cidades britânicas no início do mês de Agosto.

A criança, que não pode ser identificada por razões legais, roubou, no dia 8 de Agosto, um caixote do lixo, avaliado em cerca de 56,5 euros, que pertencia a um grande armazém de Romford, na zona norte de Londres.

Durante o incidente, um grupo de homens partiu as montras da loja provocando um prejuízo na ordem dos 6.700 euros. Na altura, um polícia apanhou a criança em flagrante delito.

Na leitura da sentença, o juiz assegurou que se tratava de um incidente muito grave, admitindo que se o acusado fosse um adulto seria condenado a uma pena de prisão.

A criança em questão já estava sob a supervisão dos serviços sociais britânicos. Cinco dias antes do incidente, a mesma criança vandalizou com uma faca os assentos de um autocarro e tentou queimar a esponja desses mesmos assentos.

Cerca de 1500 pessoas, quase um quarto (22%) com idades inferiores a 18 anos, foram acusadas de envolvimento na vaga de violência.

Outras Notícias