O Jogo ao Vivo

Itália

Cristina Corbucci, a primeira mulher polícia sinaleira em Roma

Cristina Corbucci, a primeira mulher polícia sinaleira em Roma

Cristina Corbucci é a primeira mulher polícia de trânsito a subir à plataforma da famosa Piazza Venezia de Roma, em Itália. Os romanos felicitaram o regresso do tradicional pódio de controlador de chapéu e luvas brancas para direcionar os condutores que circulam em três direções naquela praça.

Numa rutura com o passado, Roma deu esta semana as boas-vindas à primeira mulher controladora de trânsito a subir à plataforma da Piazza Venezia. "Acho que é fantástico e já estava na hora", disse Giuliana Cazzarolli, uma transeunte que observava os agentes a trocar de turno na quinta-feira. "Espero que ela seja bem paga", acrescentou, citada pelo "The Guardian".

Cazzarolli descreveu o regresso dos históricos "vigili" (oficiais de trânsito), que são tanto um símbolo da capital italiana quanto o Coliseu, como "uma lembrança dos belos tempos". Giuliana e o marido, Romalo, nasceram em Roma. Ambos estão na casa dos 80 anos. "É uma alegria ver isso e lembra-nos de como costumava ser", recordou Romalo.

A histórica estrutura começou a ser utilizada no final dos anos 1920 e inicialmente era feita de madeira e carregada à mão pelo controlador no início de cada turno. Um agente ficava em cima do pódio para se tornar mais visível aos condutores e para controlar o trânsito do local, que é normalmente uma praça caótica.

Hoje em dia, o pódio sobe e desce dos paralelepípedos com o toque de um botão. A plataforma ficou inativa durante cerca de um ano devido a obras nas estradas próximas.

Agora, cerca de seis ou sete guardas de trânsito sobem ao pódio em turnos. Cristina Corbucci, de 43 anos, disse ao jornal italiano "Il Messaggero" que o cargo passou a ter "o toque feminino". "Lá em cima realmente sentes que estás no centro de Roma", descreveu, acrescentando que "o verdadeiro semáforo inteligente é este".

Frequentemente descritos como "diretores de orquestra", os polícias de trânsito tornaram-se famosos com o filme de 1960 "Il Vigile", que estrelava Alberto Sordi como um infeliz polícia de trânsito que provocou o caos com os seus sinais confusos. O pódio também teve destaque numa cena de "To Rome With Love", de Woody Allen, em 2012.

PUB

Para conseguir o cargo, os polícias precisam de ter aulas de gestos do "maestro" Fábio Grillo, que sobe e desce no pódio desde 2004. "É um trabalho maravilhoso. Estamos no meio de uma praça fantástica que é uma encruzilhada para romanos, turistas, todos. Vemos tudo", disse o experiente controlador.

Embora haja neste momento menos trânsito devido às restrições do coronavírus, Fábio Grillo garantiu que é ótimo estar de volta: "É como se alguma normalidade tivesse voltado".

Outra transeunte no local, Micaela Battistoni, também nascida em Roma, disse que a função do polícia de trânsito da Piazza Venezia nunca deixa de ser atual. "É realmente uma instituição clássica em Roma, algo que sempre existiu, então a ausência foi estranha. É ainda melhor agora que também há uma mulher a fazer o trabalho", assumiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG