Covid-19

Croácia pondera comprar doses da vacina russa mesmo sem aprovação europeia

Croácia pondera comprar doses da vacina russa mesmo sem aprovação europeia

O ministro da Saúde da Croácia afirmou esta quarta-feira que cerca de um milhão de doses da vacina russa Sputnik V contra a covid-19 podem ser importadas para o país, mesmo sem aprovação da Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

Vili Beros salientou que a agência de medicamentos do país vai decidir sobre a eficácia da Sputnik V, sem aguardar a aprovação da EMA, mas esclareceu que a decisão final depende da rapidez com que o fármaco chegará à Croácia.

A decisão foi justificada pelo facto de, à semelhança de outros países da União Europeia, a Croácia estar a procurar obter as doses acordadas das vacinas que já receberam 'luz verde' da agência europeia.

Ainda hoje, a presidente da Comissão Europeia disse que, até à data, não deu entrada na União Europeia qualquer pedido de autorização de comercialização da Sputnik V.

Questionada durante uma conferência de imprensa em Bruxelas sobre a vacina desenvolvida pela Rússia, Ursula von der Leyen disse que lê frequentemente artigos sobre o que aconteceria "se" desse entrada um pedido para comercialização da mesma no espaço comunitário, mas asseverou que "não é esse o caso".

"Pode mudar, mas até agora, ao momento em que falamos, eles não se candidataram a uma autorização condicional de mercado", sublinhou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG