David Cameron

David Cameron mantém quatro ministros

David Cameron mantém quatro ministros

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou esta sexta-feira que vai manter no seu novo governo os ministros das Finanças, Interior, Defesa e Negócios Estrangeiros, na sequência da vitória do Partido Conservador nas legislativas de quinta-feira.

George Osborne será mantido à frente da pasta das Finanças, enquanto Theresa May vai continuar a dirigir o Interior, Michael Fallon permanece na Defesa e Philip Hammond nos Negócios Estrangeiros, informou Cameron pouco após a confirmação oficial da sua maioria absoluta em Westminster.

O primeiro-ministro e líder dos Conservadores ('Tories') também designou Osborne primeiro-secretário de Estado, um cargo simbólico até agora ocupado pelo ex-chefe da diplomacia, William Hague, um posto equivalente ao de vice-primeiro-ministro.

Os ministros, que integram o "núcleo duro" do Partido Conservador, deslocaram-se esta tarde a Downing Street, residência e gabinete oficial do chefe do executivo, onde foram confirmados nos seus cargos.

Ao designar Osborne, Cameron volta a demonstrar a sua confiança no ministro que conduziu a recuperação económica do Reino Unido na última legislatura. Sob a sua liderança, o país reduziu o défice orçamental do PIB para metade, até os atuais 4,8%.

O Reino Unido prevê um crescimento de 2,5% em 2015, permitindo a Cameron centrar a sua campanha eleitoral no programa económico, uma estratégia que o ajudou a obter 332 lugares na Câmara dos comuns (parlamento), mais cinco que os necessários para garantir a maioria absoluta.

Outras Notícias