EUA

Descoberto papiro que menciona mulher de Cristo

Descoberto papiro que menciona mulher de Cristo

Um papiro do século IV poderá mudar a religião Católica, pois uma das frases inscritas menciona a mulher de Jesus Cristo. A tradução do papiro não está concluída de forma exata, mas ainda assim deverá reacender o debate sobre a vida de Jesus Cristo e o papel da mulher na igreja.

Uma historiadora especializada na área do Cristianismo, na Escola de Teologia de Harvard, identificou um pedaço de papiro que acredita ter a frase "Jesus disse-lhes: A minha mulher...". Logo abaixo, há parte de uma frase traduzida desta forma: "Ela poderá ser minha discípula", noticia o jornal norte-americano "The New York Times".

A investigadora Karen L. King pensa que o papiro, revelado em Roma, na terça-feira, foi escrito no século quarto, em linguagem copta, e chama-lhe de "O Evangelho da Esposa de Jesus".

O objeto chegou ao conhecimento de King através de um email enviado em 2010 por um colecionador privado, que lhe pedia que o traduzisse. O colecionador, que tem papiros gregos, coptas e árabes, não quer ser identificado para não ser incomodado por compradores.

Não se sabe qual é a proveniência do papiro, pois foi comprado juntamente com outros a um colecionador alemão, em 1997. O "evangelho" trazia um bilhete em alemão que citava um professor de Egiptologia em Berlim, que havia dito que aquele era o único texto em que Jesus falava de uma esposa.

Até agora, King apenas havia mostrado o objeto a peritos, que concluíram que não se tratará de uma falsificação. Ainda assim, a historiadora e os colegas querem ter a opinião de mais especialistas.

Contudo, King frisa que o papiro não é prova de que Jesus fosse casado, pois deverá ter sido escrito séculos depois da sua época e não há mais literatura cristã que aborde o assunto. Para a investigadora, o papiro prova antes que o debate sobre uma possível esposa de Jesus já é antigo, assim como se os cristãos devem casar e ter sexo.

Ainda que não haja uma conclusão definitiva sobre a validade da descoberta, esta pode acender ainda mais a discussão sobre os preceitos da Igreja Católica. O debate sobre se Jesus teria tido uma esposa mantém-se até hoje, sendo Maria Madalena uma das hipóteses discutidas.

Também o papel da mulher na religião Católica poderia vir a ser visto de outra forma, nomeadamente o facto desta não poder exercer as funções de um padre.