Europol

Desmantelada maior rede de falsários de notas de euro

Desmantelada maior rede de falsários de notas de euro

A Europol desmantelou uma quadrilha italiana que terá fabricado mais de 3 milhões de notas falsas num valor aproximado de 233 milhões de euros. Cerca de 25% das notas de euro falsas em circulação tiveram origem nesta organização.

A operação conjunta, coordenada pela Europol, envolveu autoridades italianas, belgas e francesa e deteve 44 suspeitos. Foram apreendidos bens no valor de 8 milhões de euros, incluindo dezenas de imóveis, duas quintas, 12 veículos e um iate.

O cabecilha da organização dedicava-se à contrafação de moeda há mais de 20 anos. Não só criou um mecanismo de produção de notas falsas de euro e de outras moedas, como também coordenava uma rede internacional para a sua disseminação no mercado europeu.

A maior rede de falsários de euros de sempre

A investigação iniciou-se em outubro de 2017, com a apreensão, em Itália, de algumas notas falsas de 50 euros. As cópias eram produzidas com sofisticados métodos de impressão e conseguiam mesmo imitar todos os principais mecanismos de segurança das notas genuínas.

Em fevereiro de 2018, em Nápoles, foi possível apreender quase 450 mil notas de 50 e 100 euros, num valor total de 41 milhões de euros. As notas estavam escondidas em barris. Em julho do mesmo ano, na Lombardia, foi também desmantelada uma fábrica ilegal de cunhagem de moedas de cinquenta cêntimos.

A partir daí a investigação conseguiu deslindar ligações à Camorra, a famosa organização criminal italiana, e a outras redes criminosas internacionais.

PUB

50 apartamentos, lojas, quintas, carros e um iate

Até ao momento, só em Itália, foram confiscados 50 apartamentos, 8 espaços comerciais, duas quintas, dez companhias de vários setores, 12 veículos, um iate de luxo e 22 contas bancárias. No total, os bens apreendidos rondam os 8 milhões de euros.

Foram feitas outras ações na Bélgica e em França, coordenadas pela Europol. A operação foi acompanhada por um perito daquela organização internacional que proporcionou troca de informações em tempo real com outras bases de dados europeias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG