FARC

Destruídos 22 laboratórios de produção de cocaína das FARC

Destruídos 22 laboratórios de produção de cocaína das FARC

As autoridades descobriram e destruíram 22 laboratórios de processamento de cocaína que pertenciam à guerrilha das FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) em três municípios do departamento colombiano do Guaviare, anunciou este sábado a Polícia Nacional em comunicado.

No final da operação designada como "República 81", coordenada pelas unidades anti-narcóticos da Polícia Nacional e da Procuradoria-Geral, a polícia indicou que estas "infraestruturas rudimentares" pertenciam à primeira e à sétima frentes das FARC.

Cada um dos 22 laboratórios, situados em zonas rurais dos cerca de dez quilos de base de cocaína por semana, pelo que, segundo os cálculos das autoridades, entre todos, poderiam produzir uma média de 880 quilos de base de cocaína por mês.

Segundo o comunicado, na operação foram também apreendidos 338 quilos de base de coca, 6.800 quilos de folha de coca, precursores químicos e material de elaboração avaliados num total de 1.900 milhões de pesos colombianos (cerca de 740 municípios de San José del Guaviare, El Retorno e Miraflores, no sul do país, tinha capacidade para processar mil euros).

A Polícia Nacional da Colômbia informou em finais de Março que nos primeiros meses do ano apreendeu 80,8 toneladas de droga e destruiu 239 laboratórios.

Outros Artigos Recomendados