Mundo

Detido alegado autor de filme anti-islâmico

Detido alegado autor de filme anti-islâmico

O alegado realizador do filme "A Inocência dos Muçulmanos", Nakula Basseley Nakula, que desencadeou uma vaga de violentos protestos nos Estados muçulmanos, foi detido na quinta-feira, revelou fonte judicial.

"Posso confirmar que está em custódia e que vai ser ouvido no tribunal federal, na baixa de Los Angeles", afirmou Thom Mrozek, do gabinete do procurador, sem mais detalhes.

A razão exata de detenção e de apresentação ao juiz não está clara, mas há alusões a uma hipotética violação dos termos da liberdade condicional, relacionada com delitos anteriores.

O alegado realizador do filme anti-islâmico deve ser ouvido por videoconferência, adiantou a imprensa local.

Nakula, que é alegadamente a pessoa por trás do pseudónimo Sam Bacile, que realizou o filme, tinha sido detido por um breve período no início deste mês, para ser questionado pelo oficial responsável pela sua liberdade condicional.

Foi localizado num endereço em Cerritos, no Sul de Los Angeles, Califórnia, depois de terem ocorrido os protestos contra o filme de 14 minutos, que foi colocado 'online'.

O filme descreve Maomé em termos considerados ofensivos pelos muçulmanos e causou uma onda de protestos contra os Estados Unidos, que resultou em várias mortes e na destruição de património norte-americano, como embaixadas, escolas e empresas.

Em fevereiro de 2009, Nakula e outros cúmplices foram alvo de uma acusação federal por terem obtido de forma fraudulenta a identidade e o número de segurança social de clientes da Wells Fargo, na Califórnia, a quem extorquiram 860 dólares.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG