Moçambique

Detido em Maputo pai que enterrou viva a sua filha por ser deficiente

Detido em Maputo pai que enterrou viva a sua filha por ser deficiente

A polícia moçambicana deteve um homem acusado de enterrar viva a sua filha de sete anos por ser deficiente, na província de Maputo, no sul de Moçambique.

"A polícia tomou conhecimento, através de denúncias populares, que o pai enterrou a sua própria filha no quintal de casa, alegando que esta chorava muito e atrapalhava o seu trabalho", disse a porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) na província de Maputo, Carmínia Leite.

O caso ocorreu no distrito de Boane, na província de Maputo e, segundo a polícia, o homem de 46 anos confessou o crime e alega que terá enterrado viva a criança por ser deficiente e aliado ao abandono da sua esposa, "não parava de chorar".

"Eu levei enxada e a enterrei viva porque a mãe me deixou com ela, levando a criança que está bem, no dia 26 de novembro. A menina não conseguia comer sozinha, não andava e nada", disse o pai, em declarações a televisão privada STV.

Segundo Carmínia Leite, as autoridades deslocaram-se à residência para a remoção do corpo na segunda-feira, data em que homem foi detido, tendo sido já lavrado o auto e encaminhado a outras instâncias de justiça.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG