Malásia

Detido terceiro suspeito da morte de Kim Jong-Nam

Detido terceiro suspeito da morte de Kim Jong-Nam

A polícia da Malásia anunciou que foi detida uma terceira pessoa alegadamente envolvida no suposto assassinato do meio-irmão do líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un.

O terceiro suspeito, Abdul Samah, cidadão malaio, foi preso no aeroporto de Kuala Lumpur e segundo as autoridades é namorado de uma das duas mulheres presas anteriormente.

O chefe da polícia da capital da Malásia, Abu Bakar, disse à agência de notícias Bernama que além da prisão efetuada esta quinta-feira no aeroporto foram presas duas mulheres alegadamente ligadas à morte de Kim Jong Nam, e que uma delas é portadora de passaporte indonésio.

Entretanto, o vice-primeiro-ministro da Malásia disse que o corpo de Kim Jong-Nam vai ser trasladado para a Coreia do Norte tal como foi pedido por Pyongyang.

"Nós respeitamos os pedidos de todos os governos estrangeiros, assim como todos procedimentos a seguir. As nossas políticas consistem no respeito pelas relações bilaterais de todos os países estrangeiros", disse Ahmad Zahid Hamidi aos jornalistas confirmando o pedido de Pyangyang.

Kim Jong-Nam morreu na segunda-feira depois de ter sido atacado por duas mulheres que lhe lançaram um líquido ao rosto, numa sala do Aeroporto Internacional de Kuala Lumpur.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG