Costa do Marfim

Detidos dois suspeitos do ataque numa praia da Costa do Marfim

Detidos dois suspeitos do ataque numa praia da Costa do Marfim

Dois malianos foram detidos no norte no Mali, suspeitos de terem participado no ataque de 13 de março numa praia na Costa do Marfim.

"Os nossos serviços detiveram na sexta-feira e no sábado, no norte do Mali, duas pessoas e há indícios que provam que estas pessoas participaram ativamente no ataque de Grand-Bassam", afirmou à agência AFP uma fonte das autoridades do Mali, uma informação que foi depois confirmada por várias fontes das forças de segurança do país.

"Confirmamos as detenções em Gossi e em Goundam", localidades malianas onde os dois suspeitos foram interpelados, adiantou a mesma fonte.

Um dos dois suspeitos foi detido no sábado em Gossi, cerca de 185 quilómetros a sul de Gao, a maior cidade do norte do Mali, e reconheceu ter abrigado alguns membros do comando em Abidjan e de lhes ter fornecido apoio logístico antes do ataque.

O outro suspeito foi detido na sexta-feira à noite em Goundam, uma localidade a cerca de 80 quilómetros de Tumbuktu, e foi identificado como motorista e braço direito de Kounta Dallah, o cérebro do ataque de Grand-Bassam, que é alvo de um mandado de busca emitido pelas autoridades da Costa do Marfim.

A 13 de março, três homens foram até à praia na cidade balneária de Grand-Bassam e atacaram vários restaurantes, tendo disparado vários tiros aleatoriamente, provocando a morte a 19 pessoas, num ataque que foi reivindicado pela al-Qaeda do Magrebe islâmico (Aqmi).