O Jogo ao Vivo

Cisjordânia

Detidos os últimos reclusos que fugiram de uma prisão de máxima segurança

Detidos os últimos reclusos que fugiram de uma prisão de máxima segurança

Dois reclusos que ainda estavam em fuga foram detidos pela polícia israelita, na cidade de Jenin, Cisjordânia, no passado domingo.

Os prisioneiros capturados, Iham Kamamji e Munadil Nafiyat, são membros do Jiad Islâmico Palestiniano e renderam-se após serem cercados por tropas israelitas, no passado domingo.

Os dois homens fugiram de uma prisão de segurança máxima com outros quatro que também já foram apanhados, no fim de semana passado. A fuga desencadeou uma onda de protestos a favor dos fugitivos.

"Numa operação conjunta entre o exército e a unidade da polícia de antiterrorismo, os dois terroristas restantes que tinham fugido da prisão de Gilboa foram capturados na cidade de Jenin", informou um porta-voz militar.

Depois de ter sido noticiada a captura dos dois prisioneiros, os residentes palestinianos de Jenin revoltaram-se contra a polícia israelita, atirando-lhe pedras e dispositivos explosivos. Segundo a agência oficial de notícias palestinianas Wafa, dois palestinianos tiveram de ser hospitalizados.

O primeiro ministro de Israel Naftali Benet agradeceu às forças de segurança pelo trabalho desenvolvido "inclusive durante o Shabat (dia descanso judaico) e dos dias festivos".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG