O Jogo ao Vivo

Mundo

Dinamarca trava refugiados a caminho da Alemanha

Dinamarca trava refugiados a caminho da Alemanha

Os caminhos-de-ferro dinamarqueses DSB cancelaram esta quarta-feira todas ligações ferroviárias com a Alemanha após dezenas de refugiados terem recusado abandonar pelo menos dois comboios numa passagem por 'ferry' perto da fronteira alemã.

"Foi a polícia que pediu para fazermos isto", disse à agência noticiosa AFP um porta-voz da DSB, quando centenas de outros refugiados decidiram caminhar por uma autoestrada em direção à Suécia, que possui condições de asilo mais flexíveis.

A polícia dinamarquesa também optou por encerrar parte da via rodoviária, perto da fronteira com a Alemanha, quando os 300 refugiados decidiram pôr-se em marcha.

Estas pessoas estavam alojadas num edifício escolar após terem chegado a Padborg, uma cidade na região ocidental da Jutlândia perto da fonteira alemã, mas optaram por tentar alcançar a Suécia.

Neste percurso, e caso consigam chegar a Copenhaga, situada a cerca de 300 quilómetros, os refugiados dizem pretender seguir de comboio em direção à cidade sueca de Malmo, no sul do país escandinavo.

"A escola não é uma prisão e não existe uma barreira em seu redor. Quando 300 pessoas decidem em conjunto deixar a escola, efetuamos uma abordagem baseada no diálogo", referiu em comunicado a polícia local. "A polícia decidiu não utilizar a força, mas está a seguir o grupo".

Outras Notícias