Exclusivo

Direita populista com sinais de queda na Europa

Direita populista com sinais de queda na Europa

Especialista ouvido pelo JN considera que a capacidade dos países da União Europeia em superar as sucessivas crises enfraqueceu formações deste espectro político.

Os golpes aos partidos populistas de Direita na Europa sucedem-se. Desde a Alemanha onde o principal partido de extrema-direita assistiu a um significativo recuo nas eleições para a chancelaria do país, à Itália, onde a Liga, de Matteo Salvini - grande rosto do populismo - sofreu um duro golpe no escrutínio da semana passada. A crise parece ser evidente e começa a chegar à Áustria e à Polónia.

"Não há dúvida de que há sinais de uma quebra na Direita populista europeia", afirma ao JN José Palmeira, professor auxiliar da Universidade do Minho e especialista em Ciência Política.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG