Reino Unido

Divulgado o monograma do rei Carlos III

Divulgado o monograma do rei Carlos III

O novo monograma do rei Carlos III, constituído pelas iniciais CR e uma representação da coroa, vai ser estreado esta terça-feira, anunciou o Palácio de Buckingham, coincidindo com o fim do período de luto da família real.

O novo selo real será usado pela primeira vez na correspondência do posto de correios situado no palácio, por onde passam anualmente cerca de 200 mil cartas, postais e outro tipo de ofícios.

PUB

O desenho foi escolhido pelo próprio chefe de Estado entre vários desenhos que lhe foram apresentados pelo Colégio de Armas, que é responsável pela heráldica no Reino Unido desde 1484, explica um comunicado.

O monograma é composto pelo C do nome e o R de Rex - latim para rei - e será gradualmente gravado em botões de uniformes, fardas militares, caixas de correio, passaportes e outros documentos e dísticos oficiais.

Entretanto, o Banco de Inglaterra anunciou que as primeiras notas com a imagem do novo Rei Carlos III entrarão em circulação no Reino Unido em meados de 2024 com um retrato que será revelado no final deste ano.

O retrato do monarca "aparecerá nos desenhos existentes das quatro notas" de cinco, dez, vinte e cinquenta libras, "e não serão feitas mais alterações".

Notas com a imagem de Isabel II continuarão a circular em paralelo e só serão retiradas quando forem danificadas a fim de "minimizar o impacto ambiental e financeiro da mudança de monarca", seguindo as diretivas da Casa Real, acrescentou.

A apresentação do monograma e anúncio sobre notas coincide com o fim, esta terça-feira, do período de luto oficial da família real, que durou sete dias para além do funeral da rainha Isabel II em 19 de setembro.

Os membros da família real vão voltar a participar em eventos públicos e as bandeiras, até agora a meia-haste, serão içadas nas residências reais.

Isabel II morreu em 8 de setembro no Castelo de Balmoral, Escócia, aos 96 anos e após 70 de reinado, tendo o filho primogénito assumido o trono com o título de Carlos III.

Um serviço fúnebre com honras de Estado em 19 de setembro na Abadia de Westminster Londres culminou dez dias de cerimónias religiosas, cortejos nas ruas e velórios públicos para homenagear a monarca, que foi sepultada junto da família no Castelo de Windsor.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG