Mundo

Dois norte-americanos raptados por piratas ao largo da Nigéria

Dois norte-americanos raptados por piratas ao largo da Nigéria

Dois norte-americanos, o capitão e o engenheiro-chefe de um petroleiro, foram raptados ao largo da Nigéria por piratas que atacaram o navio, informaram, esta quinta-feira, diversas fontes.

O C-Retriever, com pavilhão norte-americano, foi atacado na quarta-feira ao largo de Brass, no Estado de Bayelsa (sul), declarou à agência France Presse Richard Fylon, da empresa de segurança Ake, sediada em Londres.

O responsável adiantou que o capitão e o engenheiro-chefe, ambos norte-americanos, foram raptados.

Um responsável do Departamento de Estado norte-americano, que não quis ser identificado, confirmou o incidente.

Segundo um responsável da Ake em Lagos, trata-se do primeiro rapto nos últimos dois anos de cidadãos norte-americanos no sul da Nigéria, no Delta do Níger.

A Nigéria é o principal produtor de petróleo em África, exportando dois milhões de barris por dia do combustível extraído em campos "offshore" e nas águas profundas do Delta do Níger, que desagua no Golfo da Guiné. A pirataria na zona é uma ameaça crescente.

Outras Notícias