África do Sul

Sul-africanos não poderão assistir a enterro de Mandela

Sul-africanos não poderão assistir a enterro de Mandela

O Governo da África do Sul confirmou, esta sexta-feira, que os sul-africanos não vão poder assistir ao funeral de Nelson Mandela, em Qunu, terra natal do líder histórico anti-"apartheid", por se tratar de uma cerimónia familiar.

Um porta-voz do Governo sul-africano, Phumla Williams, disse à AFP que o enterro de Nelson Mandela é um assunto de família, que não quer que esta cerimónia privada seja transmitida pela televisão.

Esta sexta-feira, os sul-africanos formavam longas filas em Pretória para a derradeira despedida de Nelson Mandela, antes da partida do cortejo fúnebre para a terra natal do antigo líder, em Qunu, onde será enterrado no domingo.

Os restos mortais de Nelson Mandela seguem no sábado para Qunu, no sul, onde o antigo Presidente sul-africano passou parte da sua infância.

O funeral de Estado será realizado no domingo na presença de cerca de 5000 pessoas, incluindo líderes internacionais, segundo a imprensa sul-africana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG