bin Laden

Filha de Bin Laden garante que pai foi capturado vivo e assassinado

Filha de Bin Laden garante que pai foi capturado vivo e assassinado

Uma filha de Osama bin Laden assegurou que o pai foi capturado vivo pelos soldados norte-americanos antes de ser assassinado, segundo o canal de televisão árabe al-Arabiya, citando uma fonte das forças de segurança paquistanesas.

De acordo com a mesma fonte, identificada como um alto responsável das forças de segurança do Paquistão, os soldados norte-americanos detiveram Bin Laden durante os primeiros minutos do ataque militar à casa onde o líder da al-Qaeda se encontrava.

A mesma fonte, que teve acesso ao testemunho da filha do líder da al-Qaeda, garantiu que só depois as forças norte-americanas mataram Bin Laden.

A morte do líder da rede terrorista foi anunciada pelo presidente norte-americano, Barack Obama, no domingo à noite em Washington (segunda-feira de madrugada em Lisboa).

Segundo responsáveis norte-americanos, o líder da al-Qaeda foi morto durante um ataque a um complexo nos arredores de Islamabad, na localidade de Abbottabad, onde a sua presença foi confirmada no final de Abril.

"Existia inquietação sobre o facto de Bin Laden resistir à operação de captura, e com efeito resistiu (...) Bin Laden foi morto pelo disparo de bala. Não estava armado", referiu o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney. A mulher de Bin Laden não foi morta mas ferida numa perna durante a operação, acrescentou.

Na segunda-feira, os responsáveis norte-americanos tinham referido que esta mulher tinha sido utilizada como escudo humano para proteger o chefe da al-Qaeda e que tinha sido morta.