O Jogo ao Vivo

País de Gales

Durou 18 meses o mistério da aldeia que ficava sem Internet às 7 horas todos os dias

Durou 18 meses o mistério da aldeia que ficava sem Internet às 7 horas todos os dias

O mistério da Internet que falhava, todos os dias, às sete horas da manhã, numa aldeia inteira do País de Gales, foi resolvido após 18 meses de investigação.

Durante 18 meses, às 7 horas da manhã, as casas da aldeia de Aberhosan, em Powys, no País de Gales, ficavam sem Internet. A Openreach, a divisão da empresa de telecomunicações britânica BT responsável pelas estruturas de rede, afanou-se na procura de soluções, tendo chegado até a trocar o cabo que fornecia o sinal à aldeia.

Após ano e meio à procura de soluções para esta quebra diária, com pontualidade britânica, os engenheiros meteram pés ao caminho e calcorrearam a aldeia com um monitor de análise de espetro, à procura de "ruído elétrico" que ajudasse a identificar a origem do mal.

E foi assim que, ao passar em frente a uma habitação, descobriram a origem da quebra da Internet na aldeia: uma televisão em segunda mão. Sempre que era ligado, o aparelho emitia um impulso de ruído de alto nível (SHINE, na sigla em inglês), que causa interferências elétricas em outros dispositivos.

"Às sete da manhã, um residente ligava a velha televisão, que ao arrancar deitava abaixo a banda larga de toda a aldeia", explicou o engenheiro da Openreach Michael Jones, citado pela cadeia de televisão BBC.

Suzanne Rutherford, engenheira-chefe da Openreach no País de Gales, explica que qualquer aparelho com componentes elétricos, desde luzes de exterior a micro-ondas, podem ter impacto nas redes de banda larga.

"Aconselhamos as pessoas a verificarem se os aparelhos elétricos que têm em casa estão certificados", disse Suzanne Rutherford. Uma mensagem bem recebida pelos proprietários da televisão problemática.

"Mortificado" por causar tantos problemas à aldeia, o casal, que não quis ser identificado, já encostou a TV em causa e prometeu não voltar a ligá-la. E o sinal de banda larga continua estável, sem quebras desde que foi solucionado o mistério.

Outras Notícias